Nos últimos anos, a região dos países Bálticos ganhou apenas algumas poucas linhas na imprensa nacional. No entanto, diversos aspectos que envolvem esses países são importantes para geopolítica da Europa e da Rússia e, em alguns aspectos, globais. 

Aqui vou apontar alguns aspectos para os quais devemos prestar atenção esse ano e que pretendemos acompanhar e analisar por aqui. 

1 –  A relação entre os países Bálticos e a Rússia. Novamente um ponto de tensão, sobretudo, porque junto com a Polônia são os países que têm trabalhado junto a oposição da Belarus e também da Ucrânia, duas áreas de interesse da Rússia. 

2 –  A questão dos imigrantes e refugiados na  fronteira da Belarus. Por um lado, a Belarus está usando a imigração em massa como forma de pressionar os países Bálticos e a Polônia, por outro uma questão humanitária se abre na fronteira com os refugiados do  oriente  médio (na maioria curdos) que  buscam por refúgio. 

3 – A relação entre os países bálticos, em especial a Lituânia, no conflito que se estabelece entre  Rússia e  Ucrânia, pois a Lituânia tem sido um apoio, inclusive militar, para a Ucrânia. 

4 – A relação com o governo polonês. A Polônia tem suas políticas extremistas cada vez mais criticadas pela União Europeia. No entanto, é a principal aliada, em questões geopolíticas, aos países Báltico e todos eles dependem da União Europeia. 

5 – A Lituânia diante das pressões chinesas e o estabelecimento de  relações comerciais e diplomáticas com Taiwan. Como a Estônia e a Letônia vão se posicionar nesse embate e eles com a  União Europeia? 

6 – Eleições parlamentares na  Letônia. Como sempre, a tensão está na presença de uma crescente extrema direita e na influência russa. 

7 – Novo governo alemão e a relação entre os países Bálticos, sobretudo na relação com a Rússia, entre as questões o gasoduto que passa pelo mar Báltico. 

8 –  A integração entre os países Bálticos, tanto na área militar, quanto nos esforços para a melhoria de transporte e infraestrutura. 

9 – O crescimento dos casos de Covid, como lidar com a pandemia e ao mesmo tempo buscar a integração e recuperação econômica.

10 –  A relação entre os países Bálticos e os Estados Unidos, a política do presidente Biden para a OTAN, Ucrânia, Belarus e China e como essas vão afetar os Bálticos.