• Música antifascista
  • Lista de música
  • Diferentes ritmos e estilos

Musica para espantar… Você sabe! Fascistas! Diante de tanta bobagem lida nas faixas de domingo, de tantos textos inflamados de ódio, de preconceitos travestidos de posição política fiquei pensando como desanuviar e espantar tantos sentimentos negativos. A resposta foi uma música antifascista! Mas qual?

Quase que por acidente, comecei a cantarolar uma música que escutei faz muito tempo. Recebi de presente um CD de uma amiga e a escutei pela primeira vez Motivé (re) gravada pelo grupo Zebda. A música foi composta pela resistência francesa durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

O anti-fascismo foi a luta mais importante travada pela humanidade no século XX e que, lamentavelmente, atravessou o século XXI. Não conseguimos deixar para trás a descriminação, os ódios, o idealismo nas soluções autoritárias, o militarismo como resposta as crises. Emergem os discursos moralistas que ofendem e atacam a liberdade individual e que buscam impedir que o indivíduo seja o que ele é. Que ele busque a sua identidade individual e única e não o conforto em uma massa sem controle de pessoas padronizadas cultuando o Estado e o seu líder.

Nessa individualidade que, organizada e coletivizada, pela arte pela resistência cultural, nada melhor do que a música para desafiar os padrões impostos aos ouvidos e a alma.

Depois de lembrar destas belas músicas (a primeira da lista), resolvi fazer uma pequena lista de música antifascistas, de resistência, dos trabalhadores mobilizados de esperança…. Não separei por data, país, “qualidade” ou outros critérios. Fui lembrando e separando os links, simples assim….

Música Antifascista.

  1. Motivé,  Zebda

2. Milva, Bella Ciao

3. The Partisan, Leonardo Cohen e Noir Desir

4. Bandiera Rossa, Zebda

5. Attaque 77, Donde las Aguilas se Atreven

6. Dropkick Murphys, Worker’s Song

7. León Gieco, El Ángel de la Bicicleta

8. The Clash, I Fought the Law

9. Spagna, El Ejercito del Ebro

10. Mercedes Sosa, Sobreviviendo

11. Serrat y Sabina, Cantares

12. Calle 13, Latinoamérica